Posts Tagged ‘Led RGB’

Controlando a Arduino com PHP via porta serial

Posted in Arduino, Electronics, PHP on maio 1st, 2009 by Bruno Soares – 66 Comments

É isso mesmo, o PHP pode escrever ou ler dados da porta serial, e com isso podemos controlar a Arduino.

Você pode ligar o seu ar-condicionado, cafeteira, luz, etc… via Internet, e de uma forma bem simples.
Serialproxy também é uma ótima forma de se conectar a Arduino via Internet, utilizei no projeto Twitter Hardware, mas este post é sobre PHP, então vamos lá.

Arduino + PHP Diagram

Vou utilizar o exemplo descrito no post “Controlando Led RGB com Arduino e Processing” (trocando o Processing pelo PHP).

A função fopen do PHP da suporte a escrita na porta serial:

1
2
3
$port = fopen('COM2', 'w');
fwrite($port, '1');
fclose($port);

Linha 1) Abre a conexão com a COM2 (porta serial onde a minha Arduino está conectada).
Linha 2) Escreve na porta
Linha 3) Fecha a conexão

Código PHP do exemplo:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
<?php
/**
 * Arduino + PHP
 *
 * @author  Bruno Soares
 * @website www.bsoares.com.br
 */


$color = $_REQUEST['color'];

if (isset($color) && !empty($color)) {
    $color = hexdec($color);
    $message = '^' . $color . '$';

    // USB Serial Port (COM2)
    $portAddress = 'COM2';
   
    // Open connection on port
    $port = fopen($portAddress, 'w');
   
    // Necessary when the Arduino reset after the connection
    sleep(2);
   
    // Send chars
    fwrite($port, $message);
   
    // Close connection
    fclose($port);
}
?>

Linha 12) Converte a cor de hexadecimal para decimal.
Linha 13) Coloca os caracteres que indicam o inicio e fim da mensagem.
Linha 16) Define a variável com o endereço da porta (no meu caso COM2).
Linha 19) Abre a “conexão” com a porta serial.
Linha 22) Pausa o código por 2 segundo, pois a Arduino costuma reiniciar quando é feita uma conexão a ela.
Linha 25) Escreve a mensagem com a cor na porta serial.
Linha 28) Fecha a “conexão” com a porta serial.

Update 09/07/2009:
Lendo dados:
Tenho recebido diversos e-mails e até alguns comentários de pessoas que precisam ler dados de um sensor, potenciometro, ou qualquer coisa conectada a Arduino, e isso via PHP. Então vamos lá, preparei um código que faz isso de forma fácil.
Acredito que um problema que o pessoal tem tido com esta tarefa é: você deve se dar tempo para a mensagem chegar a Arduino (não que isso seja muito tempo), e também para que a Arduino consiga responder:

Código Arduino:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
/**
 * Arduino + PHP
 *
 * @author  Bruno Soares
 * @website www.bsoares.com.br
 */


#define ANALOG_PIN 4

void setup()
{
  Serial.begin(9600);
}

void loop()
{
  if (Serial.available() > 0) {
    if (Serial.read() == '1')
      Serial.print(analogRead(ANALOG_PIN), DEC);
  }
}

Código PHP:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
<?php
/**
 * Arduino + PHP
 *
 * @author  Bruno Soares
 * @website www.bsoares.com.br
 */


// Conecta na porta
$port = fopen('COM2', 'w+');

// Em alguns casos a Arduino pode reiniciar, por isso
// é bom esperar para enviar informação depois de conectar
sleep(2);

// Envia "1" para o programa na Arduino saber que deve responder
fwrite($port, '1');

// Espera para que o dado enviado pelo PHP chegue até a Arduino
sleep(1);

// Agora que a Arduino "Provavelmente já respondeu", pega
// o valor da resposta
echo fgets($port);

// Fecha a conexão com a porta
fclose($port);
?>

O que esse código faz?
A Arduino fica em loop esperando receber pela porta serial o numero 1, assim que recebido ela lê a voltagem do pino analógico 4 e escreve na porta serial.
O PHP abre a porta serial, escreve “1″, e espera para ler novamente, quando lê novamente encontra o valor do pino analógico 4, assim como a Arduino escreveu.
Bom, espero que este exemplo acabe com as dúvidas do pessoal que precise ler dados da Arduino :)

Observações:
Caso você precise fazer um projeto onde muitos usuário vão acessar o script que escreve na porta serial, você deve implementar uma fila, de forma a não ter um usuário escrevendo na porta ao mesmo tempo que outro, isto geraria um erro.
O código fonte escrito para a Arduino é o mesmo do post Controlando Led RGB com Arduino e Processing

Faça o download do código fonte aqui.

Conteúdo relacionado:
Arduino: http://www.arduino.cc/
Referência: http://www.arduinoprojects.com/?q=node/10
jQuery ColorPicker: http://www.eyecon.ro/colorpicker/

Controlando Led RGB com Arduino e Processing

Posted in Arduino, Electronics, Processing on abril 26th, 2009 by Bruno Soares – 61 Comments

Vamos a um exemplo de uso da Arduino onde controlo um Led RGB de quatro terminais através da porta serial.
Para enviar as cores através da serial usaremos processing.

Para combinar as cores de um Led RGB é necessário variar a voltagem em cada terminal, e para isso a Arduino conta com 6 pinos PWM (Pulse Width Modulation, Modulação por largura de pulso), somente 3 são necessários, pois o quarto terminal deve ser conectado a GND (terra).

No exemplo conectamos os pinos da seguinte forma:

  • Terminal Vermelho no pino 9 (utilizando resistência de 150 Ohm)
  • Terminal Azul no pino 10 (utilizando resistência de 90 Ohm)
  • Terminal Verde no pino 11 (utilizando resistência de 90 Ohm)
  • Terminal terra no pino GND

Obs.: Como não tinha em mãos os resistores liguei os terminais diretamente aos pinos da arduino, mas é importante ressaltar que isso pode danificar o seu led e com certeza reduzir o seu tempo de vida útil.

Espesificação do Led usado:

  • Diâmetro: 5mm.
  • Bulbo: transparente.
  • Intensidade Luminosa: 8000 mcd.
  • Voltagem: vermelho = 1.9 ~ 2.4v; verde e azul = 3.2 ~ 3.6v.
  • Corrente: 20mA.
  • Ângulo: 20 ~ 25º.
  • 5mm rgb led color especification

Vamos ao código utilizado na arduino:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
63
64
65
66
67
68
69
70
71
72
73
74
/**
 * Controller LED RGB
 *
 * @author  Bruno Soares
 * @website www.bsoares.com.br
 */


#define START_COLOR_CHAR '^'
#define END_COLOR_CHAR '$'
#define COLOR_SIZE 8
#define PIN_RED 9
#define PIN_GREEN 11
#define PIN_BLUE 10

char serialMessage[COLOR_SIZE];
unsigned int readChar;
unsigned int count;
unsigned long color;
unsigned int r;
unsigned int g;
unsigned int b;
boolean readingSerial;

void setup() {
  Serial.begin(9600);
  readingSerial = false;
}

void loop() {
  if (Serial.available() > 0 && !readingSerial) {
    if (Serial.read() == START_COLOR_CHAR) {
      serialReadColor();
    }
  }
}

void serialReadColor() {
  readingSerial = true;
  count = 0;
 
  iniReading:
  if (Serial.available() > 0) {
    readChar = Serial.read();
    if (readChar == END_COLOR_CHAR || count == COLOR_SIZE) {
      goto endReading;
    } else {
      serialMessage[count++] = readChar;
      goto iniReading;
    }
  }
  goto iniReading;
 
  endReading:
  readingSerial = false;
  serialMessage[count] = '\0';
 
  setColor(serialMessage);
}

void setColor(char* value)
{
  // Convert Char* to Long
  color = atol(value);
 
  // Extract RGB
  r = color >> 16 & 0xFF;
  g = color >>  8 & 0xFF;
  b = color >>  0 & 0xFF;
 
  // Send values to analog pins
  analogWrite(PIN_RED, r);
  analogWrite(PIN_GREEN, g);
  analogWrite(PIN_BLUE, b);
}

Linha 25) Iniciamos a conexão com a porta serial na velocidade 9600.
Linha 30) Verifica se existe mensagem na porta serial.
Linha 32) Chama o método serialReadColor para iniciar a leitura da serial.
Linha 57) Envia o texto lido entre os caracteres ^ e $ para o método setColor.
Linha 63) Converte o valor obtido para Long.
Linha 66 à 68) Extrai a quantidade de Red, Green e Blue da cor.
Linha 71 à 73) Envia a voltagem para os pinos correspondêntes a cada cor.

Conclusão: A Arduino está programada para receber a cor em formato numérico entre dois caracteres que identificam o inicio e o fim da cor (^ para o inicio e $ para o fim). Sendo assim se enviarmos ^16711680$ o LED ficaria vermelho, pois o número 16711680 é o correspondente á 0xFF0000 (hexadecimal).

Agora o código do Processing:

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
/**
 * Controller LED RGB
 *
 * @author  Bruno Soares
 * @website www.bsoares.com.br
 */


import processing.serial.*;

Serial port;

void setup() {
  size(100, 150);
  noStroke();
 
  // Background
  colorMode(HSB, 100);
  for (int i = 0; i < 100; i++) {
    for (int j = 0; j < 100; j++) {
      stroke(i, j, 100);
      point(i, j);
    }
  }
 
  // Select port
  println(Serial.list());
  port = new Serial(this, Serial.list()[1], 9600);
}

void draw() {
  // Only to enable the method mouseDragged
}

void mouseClicked() {
  processColor();
}

void mouseDragged() {
  processColor();
}

void processColor() {
  color c = get(mouseX, mouseY);
  noStroke();
  fill(c);
  rect(0, 100, 100, 50);
  sendColorToSerial(c);
}

void sendColorToSerial(color colour) {
  // Get HEX
  String hexColor = hex(colour, 6);
 
  // Convert HEC to Number
  long numColor = unhex(hexColor);
 
  // Send color number to serial port
  port.write("^" + numColor + "$");
}

A responsabilidade do Processing é se comunicar com a Arduino via porta serial e enviar as cores, pois com o processing podemos criar um aplicativo onde fica facíl selecionar a cor desejada.
Na linha 50 (método sendColorToSerial), o processing processa o objeto Color, obtendo o seu Hexa, transformando em um número do tipo long, concatenando esse número com os caracteres ^ e $, e finalmente enviando este dado formatado para a porta serial para a Arduino fazer o que está a sua responsabilidade.

É isso ai, fica ai mais uma dica ;-)

Faça o download do código fonte aqui.

Conteúdo relacionado: